Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Berlim em três dias. Dia 1

Roteiro dia 1:

Siegessaule Victory Column

Palácio do Reichstag

Portão de Brandenburgo

 

 Apesar do post se intitular "Berlim em quatro dias", a verdade é que estivémos ali três dias e meio, chegámos a Berlim pela hora do almoço, deixámos as malas no hotel e partimos à descoberta de Berlim.

À primeira vista Berlim não apaixona, é uma cidade que parece normal, cinzenta, depois.. depois de umas passadas Berlim começa apaixonar! Os mil e muitos grafites dão cor e vida aos prédios de arquitectura moderna, a cidade ganha vida com os espetáculos que vão acontecendo um pouco por todo o lado, e, o mais interessante é que no meio do fernesim de uma capital europeia, do centro económico europeu, a cidade é calma, respira-se tranquilidade.

A cidade é um contraste, entre o que era antes da II Grande Guerra Mundial, o que sofreu com a Guerra Fria, e o agora...

Apanhámos o metro em direcção ao Siegessaule Victory Column, ou a Coluna da Vitória, o interessante neste monumento, não é só a arquitectura, mas também que o mesmo não está no sítio original, sendo também interessante observar com conseguiu sobreviver à II Guerra Mundial sem grandes marcas!

IMG_1565.JPG

 (Siegessaule Victory Column)

 

A partir daqui temos a opção de explorar Berlim pelo "pulmão verde" da cidade, o Tiergarten em direcção ao Palácio do Reichstag, aqui demorem-se, caminhem devagar, o parque tem imensos recantos para descobrir, também um local ideal para praticar desporto, para um piquenique ou mesmo para sentar e relaxar.

 

Caminhámos em direcção ao  Palácio do Reichstag, que fica mesmo no final do parque, do lado esquerdo do Portão de Brandenburgo.

IMG_1604.JPG

(Palácio do Reichstag)

 

Palácio do Reichstag é o edificio onde funciona o  parlamento alemão. O edificio foi fortemente danificado durante a II Guerra Mundial, as marcas ainda são perfeitamente visiveis. 

IMG_1601.JPG

 (Nesta imagem conseguimos ob,ervar, no canto direito, o estado em que Palácio do Reichstag ficou após a II Guerra.)

 

Para visitar o edificio é necessária marcação prévia, como não sabíamos acabámos por não visitar o interior, mas segundo nos foi dito a cúpula em vidro é fantástica!

 

Continuámos em direcção ao Portão de Brandenburgo, o cartão de visita da cidade.

13082765_1324431110907394_5311136539492635607_n.jp

 

Portão de Brandenburgo fica no bairro Mitte, que é o bairro central de Berlim, o portão era um dos vários portões existente quando, há séculos atrás a cidade de Berlim era cercada por muros,  numa espécie de fortaleza, hoje é o único portão existente. Há semelhança de outros monumentos, durante a II Guerra mundial, o portão foi bastante danificado e com a divisão de Berlim em sectores após o fim da guerra em 1945,  o portão ficou na parte controlada pelos soviéticos. 

 

É aqui também, na praça do portão, que se situam a grande maioria dos consulados, alguns em edificios antigos restaurados outros em edificios de arqutectura moderna, pelo que a praça convida a sentar num dos cafés, nós escolhemos o Starbucks, para apreciar a arquitectura envolvente e aquecer a alma com um chocolate quente, o frio era tantoooooo!

IMG_1651.JPG

 

De coração cheio de Berlim e com a alma quentinha seguimos pela a avenida Unter den Liden até à zona da estação de Friedrichstraße, uma zona da cidade bastante animada, cheia de cafés, pubs, restaurantes, para jantar.

 

IMG_1657.JPG

 

Quando a noite cai, Berlim ganha outro encanto, a cidade não pára, há gente por todo o lado, as ruas ganham outra animação, os bares ficam cheios de gente, e Berlim convida a ficar mais um pouco.

 

 

IMG_1617.JPG

 

 

 

Próximo post:

 Potsdamer Platz  

Sony Center 

Topography of Terror

Checkpoint Charlie

East Gallery

 

 

 

 

Maria Inês.

Feira Medieval da Cidade Falcão.

Sugestão de fim de semana: Feira Medieval da Cidade Falcão "Guarda Mor do Reino e Senhorios de Portugal".

image.jpeg

IMG_4992.JPG

(Porta de entrada principal) 

 

Nesta sugestão deste fim de semana o blogue propõe uma viagem no tempo até à época medieval, viajamos até à Feira Medieval de Pinhel, a Cidade Falcão.

 

A viagem promete ser animada, cheia de cor e de momentos de diversão medieval. Por estes dias o centro histórico da Cidade Falcão promete encher-se de espetáculos de acobracias e malabares, de cortejos, torneios, teatros, música, dança e animação de rua que vão acontecendo um pouco por todo lado. 

 

O Cortejo Medieval inicia as festividades, na tarde desta sexta-feira, centenas de crianças irão desfilar, vestidas a rigor, depois começa o fernesim de subir e descer as ruas desde a praça do município até ao castelo, ao longo do percurso há várias barraquinhas que aqui e ali vendem produtos tradicionais, medievais, e, entre uma barraquinha de pão com chouriço e uns crepes aparece a ginjinha e outros sabores. O final do dia irá culminar com um espetáculos no Castelo. 

 

Para os mais ousados, que queiram viver generosamente e vestidos a rigor, a Câmara Municipal de Pinhel irá ceder gratuitamente vestes medievais.

 

 

O blogue deixa-vos o Programa Medieval:

 

Sexta-feira, dia 3 junho

14h00 – Abertura do Mercado
14h30 – Cortejo com toda a animação, entidades locais e alguns artesãos
15h00 – Boas vindas (castelo)
15h30 – Voo do Falcão (castelo), Torneio de tiro ao arco (castelo)
16h00 – Os 2 aldrabões (tabernas)
16h30 – A grávida (entrada)
17h00 – Os latrineiros (ambulante)
17h30 – Artes circenses (ambulante)
18h00 – Cânticos em frente à igreja
18h30 – Torneio apeado (castelo)
19h00 – Voo do Falcão (castelo)
19h30 – Petiscos nas tabernas
20h00 – Danças medievais e músicos nas tabernas e praças de alimentação
21h30 – Cânticos entrada do mercado
22h00 – Torneio a cavalo (cortejo do mercado para o castelo, liça)
22h30 – Músicos (ambulante)
23h00 – Espetáculo de fogo (entrada)
00h00 – Encerramento do mercado, Farras e folias nas tabernas

Sábado, dia 4 junho

10h00 – Abertura do Mercado
10h30 – Os miseráveis (ambulante)
11h00 – Voo do Falcão (praça-entrada), Torneio de tiro ao arco (castelo)
11h30 – Músicos deambulando; demonstração de armas (acampamento)
12h00 – A nau catrineta (entrada)
12h30 – Petiscos nas tabernas
14h00 – Escaramuças na taberna
14h30 – Voo do falcão (entrada)
15h00 – Cânticos frente á igreja (s.maria)
15h30 – Músicos deambulando
16h00 – Torneio apeado (castelo)
16h30 – Voo do Falcão (entrada)
17h00 – Cânticos (praça-entrada)
17h30 – Desfile da nobreza (ambulante)
18h00 – Músicos e malabares (ambulante)
18h30 – Os latrineiros (ambulante)
19h00 – Voo do Falcão (praça-entrada)
19h30 – Ceia Medieval (c/reserva prévia) cânticos na entrada da ceia
20h00 – Petiscos nas tabernas
21h00 – Artes circenses (tabernas)
21h30 – Música ao vivo na entrada
22h00 – Alerta à Pinhel (mercado), músicos deambulando desde a entrada até castelo
22h45 – Assalto à Cidade do Falcão (castelo)
23h30 – Espetáculo de fogo (castelo)
00h00 – Encerramento do mercado, Farras e folias nas tabernas

Domingo, 5 junho

11h00 – Abertura do Mercado
11h30 – Voo do Falcão (praça-entrada), vivências de um cavaleiro (castelo)
12h00 – Os miseráveis (ambulante)
12h30 – Petiscos nas tabernas
14h00 – O baú (praça-entrada), Torneio tiro ao arco (castelo)
14h30 – Voo do Falcão (castelo)
15h00 – Os latrineiros (ambulante)
15h30 – Músicos deambulando
16h00 – A reconquista (castelo)
16h45 – Danças medievais (entrada)
17h00 – Cânticos frente á igreja (s.maria)
17h30 – Cortejo da animação (da entrada até ao castelo)
18h00 – Espetáculo de encerramento (castelo)
19h00 – Encerramento do mercado

 

 

 

 

 

 

Da Feira Medieval da Cidade Falcão.

Maria Inês.