Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Feira das Tradições e Actividades Económicas de Pinhel

Deixe-se encantar por Pinhel num fim de semana de Tradição, Actividades e Economia, este é o mote para um fim de semana imperdível na Cidade Falcão. No fim de semana de 9 10 e 11 de Fevereiro todos os caminhos vão dar a Pinhel.

 

27479298_1819520478082887_1114608974_o.jpg

 

 

O nosso rumo não poderia ser diferente, e a sugestão que o blogue vos deixa para o fim de semana que se aproxima, é a 23.ª Feira das Tradições e Actividades Económicas do Concelho de Pinhel.

 

Num único espaço, que conta habitualmente com cerca de 40.000 mil visitantes, este certame reúne a tradição de um concelho, economia e diversas actividades.

 

Nesta feira, a que carinhosamente chamamos de FTAE, é possível provar os mais variados sabores de um concelho, apaixonar-se por um licor espirituoso, beber do Santo Gral que são os vinhos de Pinhel, ou simplesmente saborear um enchido tradicional com um pão feito "á moda antiga"! Outros sabores, produtos endógenos que tanto caracterizam e distinguem a Cidade Falcão esperam por si...

 

Mas não é só de sabores que vive o fim de semana, a Feira é também composta pela presença de inúmeras empresas e instituições que ali vendem produtos e serviços.

 

O certame promete (e efectivamente cumpre) noites de muita animação, no fim de semana sobem ao palco nomes como ResistênciaHMB e Matias Damásio. Contudo a festa não termina por aqui, deixo o cartaz  e outros nomes que dão vida à feira que é já a Feira de todas as feiras, a Melhor de Todas.

As noites por aqui prometem ser longas, divertidas, e com muita música. 

 

 

O Programa:

27335102_1819520938082841_1424180397_o.jpg

 

 

Video Promocional: 

 

 

 

 

 

 

Sugestão de fim de semana:

XXI Feira das Tradições e Atividades Económicas do Concelho de Pinhel!

 

 

 

 

 

 

Risotto de Farinheira

 

"Cozinhar não é serviço, meu neto", disse ela. "Cozinhar é um modo de amar os outros." 

(Mia Couto, in O fio das missangas)

 

 

 

 De todos os cantinhos deste blog, este cantinho...este cantinho é o que mais me apaixona! De todos os pecados que me são permitidos ter, o pecado da gula, confesso é o meu Maior pecado!

 Gosto de cheiros, gosto de sabores, gosto de comida Italiana, não há nada que não seja bom as massas, as pizzas, o risotto, os gelados... hum!

 

  Hoje partilho uma receita que Adoro... "Risotto de Farinheira".

image.jpg

 

 

Ingredientes para 4 pessoas:

320gr de arroz para risotto
140 g de farinheira 
1 cebola média de cebola
0,5 dl de azeite
1 chávena de chá de vinho branco

1lt de água 
1 cubo de caldo de legumes ou de carne
60 g de queijo parmesão ralado

1 raminho de salsa fresca

 

Preparação: 
1. Aqueça o litro de água juntamente com o caldo e reserve quente, entretanto, retire a pele à farinheira,  corte-a em pedaços e reserve.

2. Numa panela adicione a cebola picada fininha com o azeite e deixe refogar por 3 minutos.

3. Quando a cebola estiver translúcida, aumente o lume, adicione o arroz e deixe fritar até as pontas do arroz ficarem transparentes, mas o centro do grão branco. Mexa constantemente de forma a não queimar.

4. Depois deve diminuir a temperatura e adicionar o vinho branco sem parar de mexer (aqui adiciono apenas um chávena de chá de vinho branco para não ficar com um sabor a vinho muito intenso, mas caso gostem do sabor intenso do vinho podem juntar até 6 chávenas de chá).

5. Assim que o vinho branco for absorvido pelo arroz, acrescente a primeira concha de caldo quente, e vá sempre mexendo, e, assim que o arroz tiver absorvido a àgua é tempo de juntar novamente, podem cozinhar em lubre brando.

6. Junte aos poucos a água do caldo até notar que o arroz está particamente cozido, mas lembrem-se juntem a água aos poucos e sempre sem parar de mexer, assim o arroz coze e absorve a água.

7. Perto do final, quando o arroz estiver quase terminado, acrescente a farinheira e a salsa (previamente picada).

8. Mexa energeticamente e adicione o queijo parmesão. Sirva imediatamente.

 

 

Dica: Podem substituir a Farinheira por outro ingrediente, o modo de preparação é o mesmo, podem por exemplo adicionar cogumelos frescos, ou outro ingrediente à vossa escolha.

 

 

 

Buon appetito!

Maria Inês.

 



A Vida.

26229477_1986169254733573_4338446765684989511_n.jp

 

A Vida é uma coisa estranha. Ou pelo menos às vezes entendo-a assim. Nem todos os dias são bons, nem todos os dias são maus, é certo.

Mas, nunca vos ocorreu o que será o verdadeiro significado da Vida? O que é isto de estarmos vivos? Há dias que este pensamento toma como que de assalto a minha mente e aqui fica por uns tempos. Um pensamento um tanto ao quanto esotérico é certo. Mas nasci incoformada, com vontade de saber, de conhecer e de compreender tudo o que me rodeia.

 

Sei também que muitos são aqueles que ignoram estes pensamento, que vivem a vida "que assim têm que ser", que a vida é "nascer, crescer e morrer", ou então "Deus assim quis", não os critíco, claro! Contudo não posso dizer que este "comodismo" não me incomoda.. ora bem, se nascemos, respiramos, pensamos por alguma coisa será? Então que sentido terá a vida se vivida porque assim tem que ser?

Há dias assim, em que penso muito, penso se estou onde queria estar, se sou quem gostaria de ser, se há algo que queira mudar, as respostas nem sempre aparecem na ponta da língua, teimam em demorar a chegar, mas sempre chegam. Entendo que todos deveriam ter este minuto de introspecção e pensar no sentido da Vida, da Vida de cada um, se são Felizes, porque no fundo é isto que importa, se são quem gostariam de ser, o que podem mudar. A Vida também é sobre sermos Felizes, sobre sabermos estar Felizes.

É verdade que é muito mais cómodo não pensar, viver um dia após o outro, li algures que os ignorantes eram felizes porque não conheciam. Discordo!

Momentos de instrospecção fazem falta, o autoconhecimento, definir o caminho a trilhar, dar sentido à Vida também é importante, fundamental, atrevo-me a dizer.

Há dias assim, não são todos, e ainda bem, caso contrário estaria louca! 

 

 

 

Lincoln disse "a maior parte das pessoas é Feliz na medida em que decide sê-lo."

 

 

 

Já decidiste ser Feliz hoje?

Maria Inês.