Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Berlim em três dias. Dia 2

Roteiro dia 2:

Potsdamer Platz  

Sony Center 

Topography of Terror

Checkpoint Charlie

East Gallery

 

 

Passados uns meses, voltamos a Berlim, sinto-me acordar novamente na cidade que enche a alma de cor, de paixão.

O roteiro do dia de hoje  começa na Postdamer Platz, local que foi completamente devastado pelo II Guerra Mundial, a praça marca também o que era Berlim Ocidental e Berlim Oriental, reconstruída em 1990, é hoje o símbolo da modernidade. 

 

IMG_1680.JPG

 

Depois de nos envolvermos pela grandiosidade do local, entramos no Sony Center, um complexo  ambicioso e arquitetonicamente imponente, é composto por lojas, restaurantes, cinemas e teatro. Como Berlim, não deixa que se apaguem as memórias daquilo que foi antes da guerra e depois, no Sony Center, existem também vestigios de um antigo hotel.

IMG_1706.JPG

IMG_1707.JPG

 

É nesta zona, na Potsdamer Platz, que também encontramos o primeiro semáforo europeu.

IMG_9289.JPG

 Actualmente, neste local existe apenas um bocadinho do que foi o muro de Berlim, no entanto olhamos para o chão, e um traço vermelho grosso, marca aquilo que foi o muro, marca o local onde ele existiu.

 

IMG_1691.JPG

IMG_1718.JPG

IMG_1719.JPG

 

 Daqui seguimos a pé, pelas marcas no chão até á Topography of Terror, ou Topografia do Terror, é um dos locais de lembrança do terror,  e que documenta, mostra os horrores praticados pelos nazistas. A ideia é mais uma vez mostrar às gerações atuais e futuras tudo que ali aconteceu para que nada caia no esquecimento. E, é impossível ficar indiferente às imagens, às histórias, ali sente-se um verdadeiro terror.

IMG_1723.JPG

IMG_1733.JPG

IMG_1734.JPG

IMG_1747.JPG

IMG_1753.JPG

 

IMG_1755.JPG

 Daqui, seguimos a pé até ao Checkpoint Charlie.

IMG_1762.JPG

Um antigo posto militar que servia de local de passagem entre Berlim Oriental e Ocidental.

O exercicío aqui, é tentar perceber através de uma exposição de fotos, com atores a fazer de soldados americanos e soviéticos, como seria tudo na altura.

IMG_1771.JPG

IMG_1772.JPG

 Não muito longe daqui, mas ainda assim como o cansaço já era algum, fomos de metro até ao Curry 36 em Kreuzberg, Mehringdamm 36, deliciar-nos com uma currywurst com batata frita, para amantes de Kebab, o melhor de Berlim é mesmo ao lado!

 

Depois de uma boa pausa, apanhámos o metro e fomos até ao East Side Gallery - Muro de Berlim - saímos estação Warschauer Straße uma das mais antigas de Berlim.

IMG_1798.JPG

 O muro com cerca de 1,3km extende-se pelas margens do Rio Spree, com mais de 100 obras pintadas.

IMG_1784.JPG

2052.JPG

IMG_1787.JPG

IMG_1796.JPG

 E como todas as viagens têm uma história para contar, nesta viagem uma delas foi o jantar, depois de muito escolhermos o sítio para jantar, escolhemos o pior restaurante de sushi de sempre! 

 

 

 

Próximo post:

Campo de concentração:

Gedenkstätte Hohenschönhausen