Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Maria Inês.

por Inês Saraiva

Da sorte de ter duas mães.

Da sorte.

Feliz dia mães.

Tive a sorte maior de todas, a sorte de ter tido duas mães. Duas mães de coração cheio. As minhas mães tiveram a dificil tarefa de me educar, não foi fácil garanto-vos, não fui a criança mais fácil do mundo. Mas, com muito amor as minhas mães transmitiram-me o que tinham de melhor. 

Amor era tudo o que a minha mãe avó era. Carregava consigo uma alma maior, um amor ao próximo que não vejo em lado algum. A minha mãe avó, uma mulher forte, de olhos cinzentos e cabelos grisalhos cantava enquanto cozinhava, e, fazia um guisado de frango como ninguém. A minha mãe avó ensinou-me que o mais importante é ser Feliz, que devemos ser bondosos independentemente do que a vida nos reserve, que devemos ser corajosos e lutar sem nunca desistir. Que a vida é dura, mas que com amor tudo fica melhor.

Ensinou-me tanto, tanto.. mas principalmente deu-me um pedaço de si, a minha mãe, como se fosse uma continuação de si mesma.

A minha mãe é amor como a minha mãe avó. Diferentes e tão iguais. Acho que a minha mãe avó, que um dia partiu e vive entre as estrelas, ficou também na minha mãe. O coração da minha mãe hoje é maior. A minha mãe é muito linda e vaidosa, adora viver rodeada de flores. Gosta de vestidos rodados e de bacalhau, tão portuguesa que a minha mãe é. A minha mãe é o meu suporte, o meu ombro amigo, a minha casa segura. A minha mãe dividiu o seu amor em quatro partes iguais, e, mesmo dividido nunca nos faltou o seu amor, a sua alegria e sua bondade.

Ser mãe não é fácil, é estar todos os dias presente, nos bons e nos maus momentos. Nos dias em que o mundo está virado do avesso. Nas derrotas, nas conquistas. Ser mãe é educar, criar, preparar para o mundo. As minhas mãe foram e são tudo isto e muito mais. 

Um dia, quero ser a mãe que as minhas mãe foram. Quero ser tudo o que elas são. Quero ser a continuação do seu amor.

 

 

 

 

Feliz dia minhas mães.

Maria Inês.